Notícias do Município de Três Barras

“Saúde + Perto de Você” intensifica os atendimentos com visitas domiciliares

Saúde
“Saúde + Perto de Você” intensifica os atendimentos com visitas domiciliares

Unidade móvel e os profissionais de saúde que integram o novo sistema de visitas domiciliares a pacientes

Os atendimentos de natureza preventiva, a promoção da saúde e o acompanhamento clínico de pacientes foram intensificados, a partir desta semana em Três Barras, com o funcionamento do programa “Saúde + Perto de Você”.  

Iniciativa importante na reorganização da saúde pública promovida pelo Governo do Município, o programa está focado nos atendimentos domiciliares, com unidade móvel percorrendo semanalmente três regiões da cidade e do interior.

Conforme cronograma estabelecido pela secretaria municipal de Saúde, os profissionais de saúde estarão toda segunda e quarta-feira prestando atendimentos no distrito de São Cristóvão, terças e quintas-feiras na sede do município (centro e bairros) e nas sextas-feiras nas localidades interioranas.

A equipe é formada por médico, enfermeira e três técnicas de enfermagem, que estão responsáveis por realizar procedimentos básicos de saúde, atualizar cadastros, averiguar a necessidade de atendimentos médicos especializados ou de fisioterapia, bem como, agendar a visita de assistente social, em casos específicos.

O "Saúde + Perto de Você” prioriza os atendimentos a pacientes acamados, oncológicos, com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), que fazem uso de oxigênio e àqueles que estão em quadro pós-operatório, além de pessoas com necessidades especiais.

Para a secretária de Saúde Raquel Cunher Vieira, o novo programa visa cobrir a demanda das agentes comunitárias de saúde e aprimorar os procedimentos já oferecidos. “E fazer com que as pessoas sejam bem atendidas e fiquem ainda mais próximas dos serviços públicos de saúde”, afirma.

Ao lembrar que serão oito horas de atendimento por dia, a secretária disse acreditar no sucesso do novo sistema por, principalmente, oferecer procedimentos antes não realizados. “Fora a consulta médica, agora os pacientes podem ter a pressão arterial aferida e receber curativos em suas próprias casas, isso porque o acompanhamento é feito por profissionais de enfermagem”, explica.

 

Novo sistema

A aproximação das unidades básicas de saúde junto às famílias residentes na cidade e no interior e a promoção do acesso aos serviços ganham ainda mais força com a nova gestão da saúde pública municipal, proposta pelo Governo de Três Barras.

O estreitamento de vínculos entre as equipes de saúde e os usuários, muito comum no programa Estratégia Saúde da Família (ESF), agora tem o reforço das Equipes de Atenção Básica (EAB). O novo programa é o responsável pelos atendimentos primários em algumas unidades básicas de saúde e áreas do município, antes cobertas pelo ESF.

Com a reestruturação, o ESF fica reestrito às unidades Dr. Mário Mussi e Ailton Mendes (Posto Amarelo), no distrito de São Cristóvão, e Pedro Toporoski (Posto Rosa), no bairro Vila Nova.

As equipes continuam formadas por médico, enfermeira, técnica de enfermagem e agentes comunitárias de saúde. As unidades Dr. Mário Mussi e Pedro Toporoski também permanecem com os atendimentos odontológicos.

O que diferencia as EAB do ESF é ausência das agentes comunitárias de saúde em suas equipes. “Mas isso não significa perda de qualidade nos atendimentos oferecidos à população”, garante a gerente de Saúde do município, Siomara Mühlmann Corrêa.

Assim como o ESF, as EAB contam com médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem responsáveis por prestar os serviços e procedimentos primários, seja nas unidades de saúde ou nas visitas domiciliares.

Pela reorganização, as EAB estão atuando nas seguintes unidades básicas de saúde: José Sawinski, no bairro João Paulo II; Dr. Mário Mussi, no distrito de São Cristóvão; Posto Azul, no distrito de São Cristóvão; do Km06/Barra Grande; da Campininha; e de São João dos Cavalheiros. “É importante frisar que nenhuma unidade de saúde foi fechada. Houve uma reestruturação do sistema com o objetivo de ampliar e aprimorar os atendimentos à população. Prova disso é que aumentamos o número de consultas médicas nas unidades, que agora são 14 por período”, comenta a secretária Raquel.

Com a ação, houve também mudanças no funcionamento da Unidade de Saúde Central, que agora fica reestrita aos atendimentos de urgência e emergência e de especialidades médicas.

Sendo assim, os pacientes que residem no bairro Zilda Pacheco/Argentina e que antes consultavam na Central, agora estão sendo atendidos pela unidade de saúde José Sawinski (Posto Verde), no bairro João Paulo II.

O mesmo ocorre com as pessoas que vivem no Km 02, no centro e no bairro Jardim Rio Negro que, com a mudança, passaram a ser assistidas pelos profissionais de saúde da unidade Pedro Toporoski (Posto Rosa), no bairro Vila Nova.

 

Publicado por: Assessoria de comunicação em 20/06/2018

Veja algumas fotos desta notícia


Veja mais notícias


Encaminhe suas reclamações, denúncias, solicitações e sugestões.
Tire suas dúvidas. Acesse a ouvidoria Municipal