Notícias do Município de Três Barras

Conferência Municipal de Saúde debate políticas públicas e garantia de direitos em Três Barras

Saúde
Conferência Municipal de Saúde debate políticas públicas e garantia de direitos em Três Barras

Conferencista Geraldo Azzolin (em pé) coordenou as explanações e debates durante o evento.

Com ampla participação de profissionais da área, lideranças e representantes de entidades locais foi realizada nesta quinta-feira (04), a 5ª Conferência Municipal de Saúde de Três Barras.

O tema “Democracia e Saúde: Saúde como Direito, Consolidação e Financiamento do SUS” norteou as explanações e os debates coordenados pelo conferencista Geraldo Azzolin, especialista em Saúde Pública, Administração Hospitalar e, em Gestão Pública.

Grupos de trabalho promoveram discussões em torno de três eixos temáticos e elencaram prioridades do município. Plenária definiu as políticas públicas para a área de saúde e elegeu os delegados que irão representar Três Barras na etapa estadual da conferência, em julho.

Na abertura do evento, a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Luciane Tizatto Weinfurter, lembrou que mais de 75% da população brasileira tem no SUS a única opção de assistência em saúde. “Hoje estamos fortalecendo o processo democrático de participação social e de formulação de ações em saúde para que venham a atender os anseios e necessidades da população. Estamos lutando por um sistema de financiamento adequado, pois hoje sabemos que os recursos são insuficientes para manter o sistema em pé”, frisou.

Em sua fala, a secretária municipal de Saúde Raquel Cunher Vieira destacou a importância dos populares, profissionais da área e prestadores de serviços no processo de construção de políticas públicas voltadas a todas as esferas de governo.  “Temos sim, que nos preocupar com o município. Mas também temos que pensar nas esferas estadual e federal. Porque a média e alta complexidade nós não conseguimos garantir sozinhos. A realidade é que os recursos são escassos, mas as necessidades são infinitas”, observou.

Apesar dos recursos limitados, prefeito Luiz Shimoguiri listou avanços da saúde pública municipal nos dois últimos anos. Citou os mutirões de cirurgias eletivas e de cataratas, e de exames laboratoriais e oftalmológicos que tiraram muitas pessoas da fila de espera, além da contratação de mais médicos especialistas, como grandes conquistas da população.

Segundo ele, com a renovação da frota municipal a secretaria de saúde recebeu 12 novos veículos, muitos deles usados no transporte de pacientes que fazem tratamento fora do domicílio. “Fizemos isso porque as pessoas precisam de conforto e segurança durante os deslocamentos”, comentou.

Ainda foram destacados pelo prefeito os repasses mensais feitos ao hospital da cidade, a economia de R$ 900 mil com os plantões médicos em 26 meses de governo, mantendo os mesmos serviços e quantidade de profissionais atuando. “O investimento da Prefeitura em saúde pública é de R$ 60 mil por dia, durante os 365 dias do ano”, garantiu.

Nos dois últimos anos, Três Barras foi o município da região que teve o maior investimento em saúde por habitante. Em 2018 o valor per capita foi de R$ 1.009,00.

Pela manhã, o evento aconteceu no auditório da secretaria municipal de Saúde, enquanto que à tarde os participantes se reuniram no pavilhão da Igreja Matriz São João Batista, no centro da cidade.

 

DELEGADOS  DA 5ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE SAÚDE

 

  • André Carvalho
  • Andréa Karina Spitzner Watzko
  • Sílvio Carlos Medeiros
  • Denise de Souza
  • Siomara Muhlmann Corrêa
  • Regina Aparecida Martins

 

Publicado por: Assessoria de comunicação em 05/04/2019

Veja mais notícias


Encaminhe suas reclamações, denúncias, solicitações e sugestões.
Tire suas dúvidas. Acesse a ouvidoria Municipal