Notícias do Município de Três Barras

Quase 1,8 mil alunos voltam às aulas nas escolas municipais de Três Barras

Educação
Quase 1,8 mil alunos voltam às aulas nas escolas municipais de Três Barras

A volta às escolas aconteceu nesta quinta-feira, 18, 11 meses após o início da pandemia.

A alegria voltou às escolas de ensino fundamental da rede municipal de ensino de Três Barras, com o início do ano letivo 2021.

Longe das aulas presenciais desde que começou a pandemia, há 11 meses, aproximadamente 1,8 mil estudantes retornaram às atividades escolares na manhã desta quinta-feira, 18, em três diferentes formatos de ensino.

O retorno das aulas do pré-escolar acontece em 1° de março. Ainda não há data definida para a volta das crianças do berçário e maternal às creches.

 

Como vai funcionar

A maior parte dos mil alunos dos anos iniciais, cerca de 60%, optou pelo retorno 100% presencial, enquanto 40% pelo ensino remoto em casa.

No modo 100% presencial as turmas foram divididas em dois grupos menores, para que as salas de aula tenham no máximo 50% de ocupação nos turnos matutino e vespertino.

A turma 1 terá aulas às segundas e terças-feiras. Já os alunos da turma 2 vão às escolas nas quintas e sextas-feiras. As quartas-feiras ficarão reservadas para a sanitização dos ambientes escolares e planejamento pedagógico dos professores. Todos terão atividades para desenvolver no período em que não estiverem na escola.

Quem optou pelo ensino remoto permanecerá o tempo todo em casa, mas recebendo orientações e conteúdos por meios digitais, como também materiais impressos fornecidos pelas escolas.

Já o formato intercalado, com aulas presenciais de segunda a sexta-feira, é exclusivo para os mais de 770 estudantes do 6° ao 9° anos e que estão divididos em três escolas municipais.

Neste modelo, enquanto a turma 1 estiver na escola, a turma ficará em casa, mas com conteúdos para desenvolver o aprendizado. Na semana seguinte a situação se inverte.

 

Normalidade

Apesar da grande movimentação nas escolas, o retorno dos estudantes foi considerado tranquilo por parte da secretária de Educação, Cultura e Esporte, Edith de Souza.

“Existia essa expectativa pela volta, não só por parte dos alunos, mas também pela equipe técnica da secretaria, diretores, professores e demais colaboradores das escolas. Mas tudo ocorreu dentro da normalidade, com os protocolos sanitários e de saúde sendo seguidos à risca, com a colaboração dos estudantes”, garantiu.

No entanto, a secretária não descarta adaptações no Plano Municipal de Contingência da Covid-19 na Educação. “Não existe modelo pronto. Se for preciso, criaremos novas regras no decorrer dos dias. Nosso objetivo é garantir a segurança de todos que fazem parte do ambiente escolar”, assegurou.

 

Protocolos

As escolas contam com recipientes com álcool em gel 70% na entrada e em pontos estratégicos, para que não só estudantes, mas também professores e demais colaboradores possam fazer a higienização das mãos com frequência.

Assim que chega a escola, o estudante tem a temperatura aferida. Em caso de alterações, a família é acionada. Só entra e permanece nas unidades escolares quem estiver usando máscara. A regra vale para as crianças, professores e servidores.

A fim de evitar aglomerações nos corredores e demais espaços, os intervalos são realizados em horários alternados, assim como a merenda é servida em períodos diferenciados.

A exemplo das salas de aula que contam com no máximo 50% de ocupação, para manter o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os estudantes, os veículos do transporte escolar também estão circulando com apenas metade de sua lotação.

Publicado por: Assessoria de Comunicação

Veja algumas fotos desta notícia


Veja mais notícias


Encaminhe suas reclamações, denúncias, solicitações e sugestões.
Tire suas dúvidas. Acesse a ouvidoria Municipal

Formulário de Cadastro de Vacinação COVID-19

Plano Municipal de Contingência da Covid-19 para a Educação