Notícias do Município de Três Barras

CAMPANHA AGOSTO LILÁS É CELEBRADA COM ATIVIDADES EM TRÊS BARRAS

Educação
CAMPANHA AGOSTO LILÁS É CELEBRADA COM ATIVIDADES EM TRÊS BARRAS


Através de uma parceria das Escolas de Educação Básica Frei Menandro Kamps do distrito de São Cristóvão e General Osório da área central do município, estudantes, professores e a comunidade em geral tiveram a oportunidade de assistir palestras e ações relacionadas a Campanha Agosto Lilás 2021.

 

Esta Campanha tem como objetivo contribuir no contexto educacional com as medidas integradas de prevenção previstas na Lei Maria da Penha, visando propor reflexão crítica acerca da violência doméstica e familiar praticada contra as mulheres.

 

O evento que começou na terça-feira, 3, contou a presença do delegado de Polícia Civil de Videira, Dr. Denis Rodrigues Alves, que através do Google Meet, destacou a palestra intitulada: “Como identificar um relacionamento abusivo e como se defender desse mal”, abordando uma situação vivenciada por muitas mulheres no Brasil e no mundo.

 

Na manhã de quarta-feira, 4 de agosto, o Anfiteatro Vereador Milton Miguel no distrito de São Cristóvão, foi o palco de uma importante Programação. Após o cerimonial de abertura, as alunas Mariele de Araújo e Raissa dos Santos, apresentaram ao público uma dança referente a valorização do “ser feminino”.

 

Estiveram presentes: a Coordenadora Regional de Educação, Suelen Adur Wogeinaki, a Secretária de Educação, Cultura e Esporte do município, Edith de Souza, a diretora da Escola de Educação Básica Frei Menandro Kamps, Terezinha de Fátima Juraczky e representando a diretora da EEB. General Osório, Janaína dos Santos Bueno, ocupou lugar na mesa de honra o professor Robson Nepomuceno.

 

Trazendo a temática defendida pela Campanha, a Psicóloga e Policial Civil, Mellize da Silveira Cardoso, destacou a origem e a importância que a Lei de nº 11.340/2006 (Lei Maria da Penha) tem para a sociedade. Os vários tipos de agressões sofridas por mulheres e o que a Justiça realiza para abolir estes acontecimentos.

 

“Vemos casos de violência contra a mulher diariamente, por isso, precisamos lutar todos os dias para que estes tipos de crimes não aconteçam e que as mulheres possam ter seus direitos garantidos e acima de tudo defendidos pela nossa constituição”, enfatizou a palestrante.

 

A dependência de álcool e a violência intrafamiliar: os impactos na subjetividade e identidade da mulher, marcou a manhã de quinta-feira, 5, com a palestra ministrada pela Professora Luciana Vargas Ronsani, na ocasião, representando o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). Em sua fala, a doutora em Letras relatou o mal resultante de uma dependência alcoólica e as marcas deixadas no psicológico daquelas que vivenciam tais situações. “As minhas duas irmãs e eu vivenciamos tudo isso e olha que isso gerou grandes problemas em nosso desenvolvimento”, disse a Professora.

 

No período da tarde, o diálogo foi com a Rede Catarina de Proteção à Mulher. Sendo então as Policiais: Marielle Ribas, Meillin de Andrade e Aline Thaís Tomczyk, mostrando alguns casos atendidos pelas Guarnições da Polícia Militar e os métodos utilizados para evitar o descumprimento da Lei e das ações ostensivas.

 

O atendimento e a proteção de mulheres vítimas de violência, foi o tema destacado pela Psicóloga da Rede Municipal de Três Barras, Renate Jéssica Lins Krzesinski, na noite da última quinta-feira, 5 de agosto. Na oportunidade, a palestrante discutiu o assunto em plenária. Os 15 anos da implantação da Lei Maria da Penha e o avanço nas penalidades aos agressores teve espaço durante a conversa. “A Rede já atendeu inúmeras mulheres que sofriam abusos e eram constantemente agredidas pelos seus companheiros, ao longo dos anos, observamos que através da Lei, houve um endurecimento no cumprimento das determinações judiciárias”, explica a Psicóloga.

 

A Campanha encerrou suas atividades na manhã desta segunda-feira, 9, com a participação da Rede Catarina de Proteção à Mulher. Desta vez, o Auditório das Secretarias de Educação e Saúde se tornou o palco para estas atividades. Para o Professor e responsável pelas realizações destes encontros de reflexão e debate, Regy Marques, a temática central serviu para trazer a tona realidades que muitas vezes são vivenciadas por mulheres no mundo todo, “esta Campanha anual do Agosto Lilás é na verdade um chamamento importantíssimo para que a sociedade perceba e ajude na luta árdua para o enfrentamento à violência praticada contra as mulheres, precisamos unir forças”, concluiu o Professor, Regy Marques.

 

Vale ressaltar que o Evento contou com o apoio das Polícias Civil e Militar, do Instituto Federal de Santa Catarina e da Prefeitura Municipal de Três Barras.

Publicado por: Assessoria de Comunicação

Veja algumas fotos desta notícia


Veja mais notícias


Encaminhe suas reclamações, denúncias, solicitações e sugestões.
Tire suas dúvidas. Acesse a ouvidoria Municipal

Formulário de Cadastro de Vacinação COVID-19

Plano Municipal de Contingência da Covid-19 para a Educação