Notícias do Município de Três Barras

Urgente: Nota de Repúdio por Notícia Falsa

Urgente: Nota de Repúdio por Notícia Falsa


A Administração Municipal de Três Barras, por meio desta nota oficial, vem a público repudiar informações caluniosas divulgadas através do aplicativo whatsapp, de que veículos de secretários municipais, vereadores e “amigos do prefeito” estariam sendo abastecidos na garagem da prefeitura, durante esta semana, com gasolina custeada pelo dinheiro público.

Esclarece que os boatos espalhados visam única e exclusivamente tentar denegrir a imagem do atual Governo do Município perante a comunidade, bem como prejudicar os demais citados.

O Governo de Três Barras afirma que, em momento algum, secretários municipais, vereadores ou qualquer outro munícipe, solicitaram o abastecimento de veículos particulares.

Informa que as planilhas contendo o controle de abastecimento de todos os veículos da frota municipal estão disponíveis para a consulta pública, podendo ser solicitadas através de requerimento protocolado na prefeitura, por qualquer cidadão.

Torna púbico que, dos 1000 litros de gasolina adquiridos pelo município no período da greve dos caminhoneiros, parte foi utilizado para o abastecimento dos veículos oficiais do município. A sobra do combustível encontra-se armazenado na garagem da prefeitura, em tanque emprestado por posto que fez o fornecimento de maneira emergencial.

O uso do combustível foi racionado, neste período, para manter em circulação apenas as ambulâncias para os casos de urgência e emergência, além dos veículos da secretaria de Saúde que transportam pacientes para a realização de hemodiálise, quimioterapia e radioterapia para outros municípios da região.

Assim que teve acesso às publicações postadas em grupos de whatsapp, na tarde de quarta-feira (30 de maio), o Governo de Três Barras fez a ata notarial junto ao cartório da cidade de todos os prints coletados, inclusive, daqueles divulgados por meio de aplicativos particulares.

Na segunda-feira (04 de junho), o Departamento Jurídico da prefeitura irá até a Delegacia de Polícia Civil para registrar Boletim de Ocorrência contra todas aquelas pessoas identificadas como sendo as propagadoras da falsa notícia.

Além disso, todos os identificados serão representados criminalmente por calúnia, difamação, danos morais e crime virtual.

Apesar de extrema, o Governo do Município considera a medida necessária, tendo em vista de que a reputação, honradez e a dignidade de pessoas de bem foram colocadas em xeque e manchadas publicamente, através da propagação de informações mentirosas e irresponsáveis.

Vale lembrar, ainda, que cada pessoa citada de maneira indevida e caluniosa nas postagens, pode impetrar ações individuais contra os acusadores.

 

Publicado por: Assessoria de comunicação em 31/05/2018

Veja mais notícias


Encaminhe suas reclamações, denúncias, solicitações e sugestões.
Tire suas dúvidas. Acesse a ouvidoria Municipal