Notícias do Município de Três Barras

“É uma conquista regional”, diz Shimoguiri sobre inauguração do novo Fórum da Comarca

“É uma conquista regional”, diz Shimoguiri sobre inauguração do novo Fórum da Comarca

Shimoguiri sendo ladeado pelo prefeito e vice de Canoinhas, Beto Passos e Renato Pike, e também pelo procurador jurídico de Três Barras, Paulo Glinski. Foto: Fernando Gonçalves.

Executada com recursos próprios do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), a nova sede do Fórum da Comarca de Canoinhas foi inaugurada na tarde de segunda-feira (22). A obra de 7,5 mil metros quadrados custou cerca de R$ 20 milhões.

A solenidade teve a presença do presidente do TJSC, desembargador José Antônio Torres e de diversas autoridades locais. Ao acompanhar o cerimonial, prefeito de Três Barras, Luiz Shimoguiri, lembrou que há mais de dez anos prefeitos, vereadores e segmentos da sociedade vinham buscando a efetivação da obra. “É uma conquista regional”, afirmou.

Na opinião de Shimoguiri, além da melhora da estrutura física, a nova sede também vai proporcionar a criação futura de outras Varas, fora aquelas já existentes. “Incrementando, assim, as condições de trabalho para magistrados e servidores do judiciário, dando também mais celeridade aos processos em trâmite na Comarca”, observou.

Situada numa área de 4 mil metros quadrados ao lado do 3° Batalhão de Polícia Militar (BPM), a nova sede funcionará inicialmente com as 1ª e 2ª Varas Cíveis e uma Vara Criminal, além das Promotorias, salas de audiências, cartórios e gabinetes.

A capacidade, no entanto, é para abrigar até seis Varas. 46 servidores, fora os terceirizados, irão trabalhar no prédio de quatro pavimentos, todos com acessibilidade.

A obra foi iniciada em maio de 2015, tão logo a realização do ato de entrega da ordem de serviço para a construção. A solenidade aconteceu em 08 de maio, no antigo Fórum da Comarca, tendo a presença do desembargador Antônio Moreira Rocha, que naquela ocasião representou o então presidente do TJSC, desembargador Nelson Schaefer Martins.

Edificado pela empresa Prumo Construtora e Incorporadora Ltda, o prédio foi entregue antes do prazo máximo previsto que era de 30 meses.

 

Publicado por: d4rkr0n em 22/01/2018

Veja mais notícias


Encaminhe suas reclamações, denúncias, solicitações e sugestões.
Tire suas dúvidas. Acesse a ouvidoria Municipal