Notícias do Município de Três Barras

Saúde de Três Barras autorizou mais de 75,5 mil exames em 2019

Saúde
Saúde de Três Barras autorizou mais de 75,5 mil exames em 2019


O fácil acesso da população aos exames de média e alta complexidade tem colaborado para o diagnóstico precoce e a identificação de doenças, interferindo positivamente na qualidade de vida e saúde dos tresbarrenses.

Para isso, o Governo de Três Barras, por meio da secretaria municipal de Saúde, tem investido pesado na liberação de exames nas mais diversas especialidades.

Só em 2019, por exemplo, foram autorizados mais de 75,5 mil procedimentos gratuitos à população. Considerados de rotina, os exames laboratoriais (sangue, fezes, urina e outros) somaram 64,5 mil liberações.

À população também foi ofertada uma série de procedimentos de custos mais elevados, dentre os quais os exames radiológicos, que totalizaram 6.582 autorizações; de ultrassonografia, com 2.423 liberações; tomografias, que somaram 360 autorizações ao longo do ano passado; assim como 277 exames de endoscopia, 266 ressonâncias magnéticas, entre outros.

Além das liberações diárias nas próprias unidades básicas de saúde do Município, os dois mutirões realizados somente em 2019 contribuíram para por fim à fila de espera por exames e demais procedimentos médicos.

 

Faltantes

Se por um lado a Saúde Pública de Três Barras tem cumprido o seu papel, atendendo à demanda com agilidade e eficiência, por outro ainda é preocupante a falta de consciência de alguns pacientes.

Chama a atenção, por exemplo, que mais de 9,7mil exames deixaram de ser feitos no ano passado porque os pacientes simplesmente não compareceram, nos dias agendados, aos laboratórios e clínicas contratados pela Prefeitura.

Dos mais de 64,5 mil exames laboratoriais liberados pelo Município, mais de 8,1 mil não foram realizados.

“Ao faltar, o paciente esta tirando a vez de outro que também precisa e onerando os cofres públicos municipais, já que a Prefeitura pagou pelo procedimento. É preciso ter mais responsabilidade”, lamentou a secretária de Saúde Raquel Cunher Vieira.

EXAMES:

LABORATORIAIS – 64.591 (agendados)              8.180 (faltantes)

COLONOSCOPIA – 119 (agendados)                    40 (faltantes)

COLANGIORESSONÂNCIA – 09 (agendados)      05 (faltantes)

CINTILOGRAFIA – 24 (agendados)                        06 (faltantes)

ANGIOTOMOGRAFIA – 01 (agendado)                00 (faltante)

RADIOLÓGICOS – 6.582 (agendados)                   560 (faltantes)

MAMOGRAFIA – 307 (agendados)                        74 (faltantes)

ULTRASSONOGRAFIA – 2.423 (agendados)        574 (faltantes)

ULTRASSONOGRAFIA DOPPLER – 129 (agendados)     15 (faltantes)

ECOGRAFIA TRANSTORÁCICA – 202 (agendados)         65 (faltantes)

ELETROENCEFALOGRAMA – 87 (agendados)                  19 (faltantes)

ELETRONEUROMIOGRAFIA – 05 (agendados)                 01 (faltante)

ENDOSCOPIA - 277 (agendados)                                       78 (faltantes)

ESPERIOMETRIA - 51 (agendados)                                    10 (faltantes)

ESTUDO URODINÂMICO – 25 (agendados)                     09 (faltantes)

HOLTER 24 HORAS – 01 (agendado)                                 01 faltante

MAPEAMENTO CEREBRAL – 08 (agendados)                  02 (faltantes)

RESSONÂNCIAS MAGNÉTICAS – 266 (agendados)         53 (faltantes)

RETINOGRAFIA – 22 (agendados)                                      07 (faltantes)

TESTE DE ESFORÇO – 37 (agendados)                               11 (faltantes)

TOMOGRAFIAS – 360 (agendados)                                   24 (faltantes)

URETOCISTOGRAFIA – 02 (agendados)                            01 (faltante)

UROTOMOGRAFIA – 06 (agendados)                               00 (faltante)

POLISSONOGRAFIA – 13 (agendados)                              03 (faltantes)

Publicado por: Assessoria de comunicação em 12/03/2020

Veja mais notícias


Encaminhe suas reclamações, denúncias, solicitações e sugestões.
Tire suas dúvidas. Acesse a ouvidoria Municipal