Notícias do Município de Três Barras

Inscrições abertas para a aquisição de alevinos a preços acessíveis

Inscrições abertas para a aquisição de alevinos a preços acessíveis


Fortalecer a piscicultura junto aos produtores rurais de Três Barras foi um dos compromissos assumidos pela atual administração municipal e que, agora, está sendo colocado em prática pela secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, em parceria com a Epagri.

Como forma de trazer segurança e benefícios aos criadores de peixes, estão sendo disponibilizadas oito espécies de alevinos com qualidade genética garantida e a preços acessíveis.

Interessados devem efetivar sua inscrição entre os dias 09 e 25 de outubro na secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, situada à Rua Vereador Ricardo de Oliveira n° 640, no bairro Argentina. A entrega dos peixes está prevista para as 08h do dia 31 de outubro, uma terça feira.

Estão sendo oferecidos alevinos de tilápia; carpas capim, húngara, cabeça grande, prateada e colorida; além de jundiá, em que os valores variam entre R$ 130,00 a R$ 330,00 o milheiro. Já o valor unitário do alevino de cascudo é de R$ 4,00.  Informações complementares pelo fone (47) 3623 – 0213.

Tabela de valores

 

ALEVINOS I

ALEVINOS II

TILÁPIA

R$ 130,00

R$ 240,00

CARPA CAPIM

 

R$ 300,00

CARPA HÚNGARA

 

R$ 300,00

CARPA CABEÇA GRANDE

 

R$ 330,00

CARPA PRATEADA

 

R$ 330,00

CARPA COLORIDA

 

R$ 330,00

JUNDIÁ

 

R$ 330,00

CASCUDO

 

R$ 4,00 (a Unidade) *

 

Incentivo

Ao destacar que este é o primeiro programa do gênero realizado no município até hoje, o secretário de Agricultura e Meio Ambiente João Canani Júnior diz que o incentivo à piscicultura é uma importante alternativa para a geração de empregos e renda no campo. “Por esse motivo é que o governo municipal está dando atenção especial ao incremento da produção”, completa.

Uma das frentes de ação e incentivo à atividade nos próximos meses, segundo o secretário, será a ampliação dos serviços oferecidos pelo programa Porteira Adentro, através da construção e adequação de tanques, viveiros e lagos para a criação de peixes nas propriedades rurais.

Tendo como base levantamento feito com 30 produtores rurais e potenciais futuros investidores no ramo, o engenheiro agrônomo do escritório local da Epagri, Juliano Oliveira, informa que a exploração dos empreendimentos de pesque pague é a principal atividade dentro da piscicultura no município, sendo encontrados em cinco propriedades. “Apesar de modestamente organizados, o faturamento comercial ultrapassou os R$ 300,8 mil no último ano”, comenta, ao lembrar que os dados foram solicitados pelo prefeito Luiz Shimoguiri.

Ainda de acordo com o levantamento, existem 12 piscicultores em atividade e 76 viveiros no município. A produção estimada é de 59,1 mil quilos ano, dos quais, 37,6 mil quilos são para comercialização.

Recentemente a Epagri reuniu os produtores de peixe para tratar de questões relacionadas à atividade e informações sobre a parceria com o município.

Prefeito Luiz Shimoguiri acredita que o crescimento da atividade beneficiará as áreas social e econômica do município. “É uma oportunidade para a geração de novos postos de trabalho e renda aos pequenos e médios produtores, inclusive, às pessoas de baixa renda”, ressalta, ao destacar a importância da parceria.

Publicado por: Assessoria de comunicação em 05/10/2017

Veja mais notícias


Encaminhe suas reclamações, denúncias, solicitações e sugestões.
Tire suas dúvidas. Acesse a ouvidoria Municipal