Notícias do Município de Três Barras

Governo de Três Barras já quitou R$ 6,5 milhões em dívidas herdadas da antiga administração

Governo de Três Barras já quitou R$ 6,5 milhões em dívidas herdadas da antiga administração


Dos R$ 19 milhões de dívida herdada, cerca de R$ 6,5 milhões já foram quitados pelo atual Governo do Município em 18 meses de gestão frente à prefeitura de Três Barras.

A informação é do prefeito Luiz Shimoguiri, que na manhã desta quarta-feira (20) voltou a se manifestar sobre a situação econômica e financeira do município.

Porém, para poder honrar os pagamentos de credores diversos, o governante informa que teve que adotar medidas de economicidade em todas as secretarias e setores. “Mas em nenhum momento deixamos de atender às demandas, e nem prejudicamos o andamento dos serviços essenciais prestados à população”, garante.

Com os valores já quitados, no entanto, a prefeitura perdeu parte da capacidade de investimento em algumas áreas da administração pública municipal.

OS R$ 6,5 MILHÕES, POR EXEMPLO, PODERIAM SER UTILIZADOS PARA CUSTEAR SEIS QUILÔMETROS DE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA, COMPRAR 36 AMBULÂNCIAS DO MODELO VAN, CONSTRUIR 60 SALAS DE AULA E TAMBÉM UM HOSPITAL, NOS MESMOS MOLDES DSTE QUE JÁ FUNCIONA NA CIDADE.

Apesar dos valores já quitados, restam ainda R$ 12,5 milhões a serem liquidados a médio e a longo prazos, que já foram renegociados pelo atual Governo do Município.

Desse montante, grande parte é de débitos com a Previdência Social, FGTS, Pasep e precatórios, acumulados quase que na sua totalidade no período de 2009 a 2016.

O cenário econômico e financeiro encontrado pela atual administração, assim que assumiu o governo em janeiro de 2017, é bem diferente ao herdado pelo ex-prefeito em sua primeira gestão.

Prova disso é que, em janeiro de 2009, o antigo governante recebeu a prefeitura com R$ 5.286.000,00 em caixa, sendo que R$ 286 mil eram de recursos livres e o restante para pagamentos de asfaltamento de ruas e da obra do ginásio de esportes Ione Cyríaco de Souza.

Já atual gestão já assumiu com uma dívida milionária, sendo que R$ 15,2 milhões eram de débitos já consolidados e sem disponibilidade financeira. Portanto, a serem pagos com recursos próprios originários de impostos do município.

Veja o que poderia ser feito com os R$ 15,2 milhões:

 

- Construir 300 casas padrão Defesa Civil;

- Adquirir 90 ambulâncias do modelo Van;

- Pavimentar 15 quilômetros de ruas com asfalto;

- Comprar 400 carros populares;

- Adquirir 60 caminhões trucados;

- Comprar 28 máquinas motoniveladoras;

- Instalar rede de esgotamento sanitário individual em quatro mil residências.

 

Publicado por: Assessoria de comunicação em 21/06/2018

Veja mais notícias


Encaminhe suas reclamações, denúncias, solicitações e sugestões.
Tire suas dúvidas. Acesse a ouvidoria Municipal