Notícias do Município de Três Barras

Cobertura vacinal contra gripe chega a 59,64% após dia “D” da campanha

Saúde
Cobertura vacinal contra gripe chega a 59,64% após dia “D” da campanha

Mobilização contra a gripe aconteceu das 08h às 17h em todas as unidades de saúde do município. Imagem: Divulgação.

A cobertura vacinal contra a gripe chegou a 59,64% do público alvo em Três Barras, após o dia “D” da campanha nacional de vacinação, no sábado (12).

Neste dia, doses da vacina foram disponibilizadas em todas as unidades de saúde da cidade e do interior das 08h às 17h. Também houve visitas domiciliares para a vacinação de pessoas acamadas ou com dificuldades de locomoção.

Levantamento parcial divulgado pela secretaria municipal de Saúde e pela Vigilância Epidemiológica Municipal aponta que 2.157 pessoas inseridas nos grupos de risco já receberam a vacina.

A meta é imunizar pelo menos 90% das 3.827 pessoas que estão mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias. Em 2017, o município ultrapassou em 4% a meta estipulada pelo Ministério da Saúde.

Até o momento, 1.074 idosos já se imunizaram contra o vírus influenza, ou seja, 65,53% do público com mais de 60 anos de idade.

O grupo das crianças (a partir de seis meses e menores de cinco anos de idade) é o segundo maior em número de adesões, somando agora 641 pessoas (46,86%).

Depois vêm os trabalhadores da saúde com 268 pessoas imunizadas (75,92%); os professores com 255 vacinados (121,43%); as gestantes com 133 (60,18%%) e as puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), que somam 41 (113,89%).

Só no dia “D” foram mais de 60 pessoas envolvidas na mobilização, entre técnicos de enfermagem, enfermeiras, motoristas e demais profissionais que atuam na área de saúde.

A enfermeira Kátia Reis, responsável pelo setor de imunizações da Vigilância Epidemiológica, credencia os resultados já obtidos ao trabalho e comprometimento das equipes de vacinação.

Como a campanha prossegue até o dia 1° de junho, Kátia faz um chamamento para que todos aqueles inseridos nos grupos de risco se vacinem o mais breve possível. “A melhor forma de se proteger contra a gripe, é se vacinando”, frisa, ao informar que a imunização continua acontecendo em todas as unidades de saúde.

Indivíduos com comorbidades (doenças respiratória, cardíaca, renal, hepática e neurológica crônicas, além de diabetes) também têm prioridade para receber a vacina.

Publicado por: Assessoria de comunicação em 14/05/2018

Veja mais notícias


Encaminhe suas reclamações, denúncias, solicitações e sugestões.
Tire suas dúvidas. Acesse a ouvidoria Municipal